Retrospectiva Literária 2013

porMelissa de Sá

Retrospectiva Literária 2013

Na maioria dos anos eu faço uma lista de livros lidos, mas vi esse meme super divertido no blog Sobre Mim e Meu Mundo e decidi variar um pouco. Então aqui vai uma Retrospectiva Literária mais descontraída.

Vamos lá?

Retrospectiva Literária foi ideia do blog Pensamento Tangencial.

 A aventura que me tirou o fôlego: Crônicas de Atlândida: O Tabuleiro dos Deuses, de Antonio Luiz M. C. Costa. Esse livro me surpreendeu de uma forma incrível. Eu queria cada vez mais e mais saber sobre o mundo de Atlântida e os destinos de Tiakat e Sistu. O livro não é um page-turner no sentido da ação, mas sim no maravilhoso mundo criado, cheio de personagens interessantes e novos modos de vida.

O terror que me deixou sem dormir: Sob a Redoma, do Stephen King. Sério, o livro dá uma aflição imensa. O clima de tensão da cidade isolada e todos aqueles personagens loucos… pesadelos. Resenha aqui.

O suspense mais eletrizante: Garota Exemplar, da Gillian Flynn. Não sou de ler policiais, mas esse me deixou com a pulga atrás da orelha depois de ler várias resenhas na blogosfera literária. Depois de lê-lo, ele me deixou chocada, assustada, desesperada. Sinceramente, nunca li um livro que mexesse tanto comigo nesse sentido.

O romance que me fez suspirar: O conto “A Dama das Ameixas”, da Karen Alvares. Lindo demais e me deixou com o coração na mão. Resenha aqui.

A saga que me conquistou: Não li nenhuma saga esse ano. Infelizmente. 🙁

O clássico que me marcou: Nenhum clássico também. 🙁

O livro que me fez refletir: As Vantagens de Ser Invisível, de Stephen Chbosky. Essa história sensível me fez repensar minha própria adolescência e o modo como muitas vezes somos alheios ao sofrimento dos outros.
O livro que me fez rir: Li livros que me divertiram, com passagens engraçadas e tudo mais, mas nenhum que fosse especificamente uma comédia para merecer estar aqui.

O livro que me fez chorar: A vida na porta da geladeira, de Alice Kuipers. Esse relacionamento entre mãe e filha me deixou com o coração na mão. Li o livro em poucas horas, mas foi bastante intenso e me deixou muito emocionada.

O livro de fantasia que me encantou: Sangue de Tinta, de Cornelia Funke. A continuação de Coração de Tinta é um livro sobre livros, leitura e amor pelas palavras. Não tem nem mais o que falar. Perfeito. Resenha aqui.

O livro que me decepcionou: Não tive nenhuma leitura que tenha realmente me decepcionado. Ainda bem.
O livro que me surpreendeu: Dos Passos da Bailarina, de Cássia Pires. Quando comprei, pensei que leria um compilado de posts sobre ballet clássico, mas o que li foram verdadeiras crônicas de alta qualidade. Fiquei de boca aberta. Resenha aqui.
O thriller psicológico que me arrepiou: De novo Garota Exemplar, da Gillian Flynn. Ele entra nessa categoria também. Leiam!

O livro mais criativo: Nossa, que coisa difícil. Mas um que achei bem legal nesse sentido foi “A Torre Árabe”, da Roberta Spindler. O mundo criado por ela nesse conto foi muito criativo. E pós-apocalíptico, do jeito que eu gosto. Resenha aqui.

O melhor HQ: não li nenhum HQ esse ano. Shame on me.

O infanto-juvenil que se superou: A Idade dos Milagres, de Karen Thompson Walker. Que livro maravilhoso! Todos deveriam ler. É incrível. Sensível, inteligente… pós-apocalíptico! Os personagens são incríveis, marcantes e chorei horrores no final. Resenha aqui.

O livro que mudou a minha forma de ver o mundo: Li livros ótimos, mas nenhum teve esse efeito.

A capa mais bonita: A capa do conto “A Borboleta”, da Liége Báccaro Toledo. A ilustração é da Ângela Tagaki e é maravilhosa!

A frase que não saiu da minha cabeça:  “Nós estivemos aqui” (A Idade dos Milagres).

O(a) personagem do ano: Eleonora, a personagem principal do conto “A Dama das Ameixas”, da Karen Alvares. Ela foi tão real pra mim, me impactou tanto que eu não poderia deixar de mencioná-la.
O casal perfeito: Huuuuum, essa eu passo. Porque sou chata com casais e nenhum casal literário mexeu comigo esse ano.
O(a) autor(a) revelação: Minha companheira de escrita, Karen Alvares, que nesse ano bombou com vários lançamentos com contos de terror e fantasia. Para conhecer o trabalho dela, visitem o blog Papel e Palavras.

O melhor livro nacional: Crônicas de Atlântida: O tabuleiro dos deuses, de Antonio Luiz M. C. Costa. Quando descobri que era o primeiro romance do autor, até assustei. A trama, a escrita, o mundo criado, tudo é excelente.

O melhor livro que li em 2013:  A Idade dos Milagres, de Karen Thompson Walker. Reuniu tudo que eu gosto numa narrativa: bons personagens, trama inteligente e sensível, um mundo pós-apocalíptico e boas reflexões.

Li em 2013 …… livros: Míseros 20 livros. Medíocre, eu sei, mas é que li muitos livros teóricos e acadêmicos por conta do meu mestrado e pouca ficção.

A minha meta literária para 2014 é: 50 livros. 🙂

Sobre o Autor

Melissa de Sá administrator

Melissa é escritora e fica hiperativa com açúcar. É autora da distopia Metrópole: Despertar, publicada pela Editora Draco em 2016, e do livro infantil A Última Tourada, adotado em centenas de escolas no Brasil. Tem contos publicados em diversas antologias das editoras Draco, Buriti e Cata-vento.

11 Comentários até agora

Cássia PiresPostado em9:36 pm - jan 6, 2014

Melissa, o “Dos passos da bailarina” apareceu na lista! Fiquei toda feliz agora. Imenso beijo.

Karen AlvaresPostado em9:51 pm - jan 6, 2014

Mel, tu é uma querida mesmo! Que fofa! Tô em três categorias! Em romance, pasmem! O_O Adorei estar aqui e ver meu “A Dama das Ameixas” e a Eleonora figurando nas suas melhores leituras. E tem muita coisa legal nessa lista, é uma honra estar aqui.
Espero aparecer também 2014 com a “Alameda” hohohoho =D
E quero você na minha lista com vários lançamentos! Sucesso pra nozes!

    Melissa de SáPostado em7:49 pm - jan 14, 2014

    “A Dama das Ameixas” é meu queridinho. Eleonora é tão real pra mim… você sabe que eu adoro mulheres melancólicas. hahahahaha

    Alameda em 2014! Sucesso pra gente, ainda melhor sem a vida acadêmica, rs.

Juliana PiresPostado em11:02 pm - jan 6, 2014

Oi Mel, adorei o post, fiquei curiosa com alguns títulos. Li várias coisas sobre Garota Exemplar, fico bem curiosa com esse livro. Se preocupa não com a quantidade, é melhor ler pouco e de forma satisfatória.
Mel, eu estou amando Percy Jackson, passei um tempão sem querer ler a série por causa do filme, que eu achei bem fraquinho, mas agora que comecei a ler, não paro mais. Espero que você goste também.

bjs

    Melissa de SáPostado em7:51 pm - jan 14, 2014

    Leia Garota Exemplar, Ju. É incrível. Dá um pouco de medo mas a história é absurdamente boa. Os personagens são muito reais. E é daquele tipo de livro que no meio te tira do chão: coisas chocantes acontecem.

    Eu tenho certeza que vou gostar de Percy Jackson, acho que é meu tipo de história. 🙂

    Sim, qualidade é sempre melhor que quantidade. Mas eu queria ter lido mais, sabe… Mas não deu. Esse ano vai dar.

    bjs

LiégePostado em1:34 am - jan 7, 2014

Que legal essa sua lista, Melissa! Confesso que fiquei toda empolgada ao ver A Borboleta, mas os méritos foram da Angela nesse caso, e não meus XD! Esse desenho ela me fez como um presente de aniversário, e ainda bem que eu ganhei algo tão bonito assim, né?

Antonio Luiz M. C. CostaPostado em4:02 pm - jan 7, 2014

Obrigado pela crítica positiva do meu livro! Ganhei o dia.

Se quiser saber mais sobre o universo do livro, tenho um site sobre ele.
http://www.cronicasdeatlantida.com/enciclopedia/index.php?title=P%C3%A1gina_principal

Você teria interesse em uma leitura beta da sequência de “Crônicas de Atlântida”? Faço leitura beta de um livro seu, se quiser.

    Melissa de SáPostado em7:52 pm - jan 14, 2014

    Antonio, o seu livro é realmente excelente. Inclusive, pretendo fazer uma resenha mais detalhada dele em breve. 🙂

    Eu já fucei bastante na enciclopédia. É um site bem legal.

    Quanto à sua oferta, já te respondi no twitter. Mais uma vez obrigada.

Top 5 Melhores Livros Lidos em 2013 | Livros de FantasiaPostado em3:41 am - jan 31, 2014

[…] Ao contrário do que muita gente pensa, eu leio livros que não são de fantasia/ficção científica/ficção especulativa/terror. hahahaha Eu fiz uma lista de minhas leituras gerais no meu blog pessoal, o Mundo Mel. Vocês podem dar uma olhada lá também clicando aqui. […]

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: