17 sinais de que você é viciad@ em ballet

porMelissa de Sá

17 sinais de que você é viciad@ em ballet

Nós amamos a dança. Vemos vídeos, vamos às aulas, treinamos, ensaiamos, sonhamos. Mas aí chegamos naquela esquina escura e estranha em que as reações são extremas e os comportamentos fora de controle. Seus amigos perguntam se você está bem e você responde – gritando – que está.

Chegamos no vício.

Esse post é dedicado a todos que passam seu tempo livre vendo vídeos de ballet, têm foto de dança no fundo de tela do celular/computador e mais de uma cicatriz no pé.

* momento solene para o post de humor *

1. Passa mentalmente a coreografia em lugares públicos e só percebe que está fazendo o port de bras quando alguém começa a rir a seu lado no ônibus.

“Não é nem um pouco estranho”.

2. Se está assistindo um outro estilo de dança, sofre em silêncio porque está tudo en dedans.

Eu queria ser uma pessoa melhor, mas eu não consigo! * choro *

3. Você tem reações extremas: Gastar dinheiro? Você sabe quanto custa uma sapatilha de ponta?

4. Faz passo de ballet o tempo todo. Até a abre a geladeira de passé.

5. As palavras “tem fuetté na coreografia” causam reações profundas.

6. Mostra marcas de antigos ferimentos de dança como se fossem tatuagens.

“Eu sou tão impressionante!”

“Essa aqui é da coreografia de 2011. Foi lindo”. “Essa outra foi numa aula de barra. Doeu pra fazer, mas não me arrependo”.

7. Reconhece músicas de ballet de repertório em valsas de casamento/festa de quinze anos/bodas de ouro a ponto das pessoas ficarem seriamente irritadas.

“Por favor, pare de falar”.

A situação piora no Natal por conta do Quebra Nozes, porque aí até nas Lojas Americanas as músicas tocam. “Variação da Fada Açucarada!!! tatanananatanaaaaaaan Linda com a Marianela Nunez. Natal é tão lindo com o Quebra Nozes, né?” * aí vê o que o amigo já foi embora *

8. Não liga de andar na rua de collant e meia rasgada.

“Que seja!”

9. Coque se torna o penteado mais fácil do mundo pra dias em que o cabelo tá um lixo.

Só que não.

10. Você conhece pessoas que andam na rua en dehors.

Sim, isso foi pra uma pessoa em particular.

11. Fica irritada quando as pessoas dizem que ballet é uma atividade leve.

“Spinning? Você tá cansado, é? 32 entrechat-quatre AGORA!!!! E vê se não esquece de bater atrás.”

12. Tutus!

13. Reclama da sapatilha de ponta, mas quer ter aula de ponta todo dia.

14. Zerar alongamentos é seriamente um objetivo na sua vida.

“Bem-vind@ ao clube”.

E daí se ainda falta um palmo pro chão?

15. Se sente assim quando acerta a sequência de barra.

“Eu sou incrível!”

16. Dançar com @ amig@ numa parte impossível da coreografia é uma mistura estranha de alegria e desespero. 

Tem uma pirueta dupla, um rolamento, um salto do chão e tudo termina numa pirueta en dedans! aaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaah!

17. Vai pra aula e pros ensaios feliz porque mesmo sabendo que vai voltar pra casa toda arrebentada, tem no coração que nada é mais legal do que fazer o que gosta.

Obrigada a todos que estão comigo nessa experiência doida que é fazer ballet!

Sobre o Autor

Melissa de Sá administrator

Melissa é escritora e fica hiperativa com açúcar. É autora da distopia Metrópole: Despertar, publicada pela Editora Draco em 2016, e do livro infantil A Última Tourada, adotado em centenas de escolas no Brasil. Tem contos publicados em diversas antologias das editoras Draco, Buriti e Cata-vento.

2 Comentários até agora

Jinnye MeloPostado em3:08 pm - nov 23, 2013

Ahhh, amei esse post, Melissa! Hahaha. Eu fico contando os calos e calcificações novas dos meus pés pros meus amigos. “Oh, tá vendo… parece um calo, mas é um osso que tá se modificando por causa da sapatilha. Esse é meu joanete… Vixe, esse calo eu nem tinha!” Hahahahha Mas é claro que a pessoa fica horrorizada, só a gente fica “contando vantagem”. Seres estranhos.

    Melissa de SáPostado em1:29 am - nov 24, 2013

    Jinnye, realmente, as pessoas ficam horrorizadas mesmo! Mas a gente nem liga. Meu pé tá horrível por conta de uma coreografia de ballet moderno (é que meu peito do pé tem a pele super fina, que fica queimando, não importa quantas meias eu use) e meu marido entra pânico toda vez que eu tiro o sapato. hahahaha E eu não to nem aí.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: