Dia do Homem??????????????

porMelissa de Sá

Dia do Homem??????????????

Estava eu andando no shopping quando vi isso aqui:

Dei uma pesquisada na internet e descobri que o dia do homem é hoje, 15 de julho. E descobri também que foi um dia criado há dez anos pelo ex-presidente russo Mikhail Gorbachev. Não tem data específica para o dia do homem, cada país decide a sua, e no Brasil parece que a data escolhida foi 15 de julho.

Eh… então, dia do homem. Que coisa ridícula. Sério mesmo. E digo isso porque o grande propósito de se criar dias para determinadas categorias é porque essas categorias são minorias, que precisam de um dia para serem simbolicamente lembradas, que precisam constantemente lutar pelos seus direitos. Ou você realmente achou que tinha dia da mulher, dia do índio e dia da consciência negra só porque era legal?

Homem não é minoria. Todo dia é dia do homem. Homem não precisa de um dia para lembrar suas lutas contra opressão. Homem não precisa de um dia para se lembrar que é homem. Então a data fica meio fora de propósito. Tipo um dia para lembrar que os homens têm privilégios, que ganham 20% a mais que as mulheres, que não são a principal vítima de violência doméstica e/ou sexual, que não foram oprimidos durante séculos, que não têm sua sexualidade regrada por uma cultura patriarcal, que não sofrem preconceito porque são homens.

Não, não tenho nada contra homem. Só acho que homens e mulheres devem ter os mesmos direitos e acho que isso não acontece em nossa sociedade. Também acho que criar datas como dia do homem, dia do heterossexual e dia do branco é simplesmente fazer piada com os dias da consciência das minorias. É fazer de tudo um carnaval. E bem, nada melhor do que fazer de tudo um carnaval para as pessoas simplesmente fecharem os olhos para questões importantes.

A Campanha da Boticário é ridícula e mais ridícula é a recepção da mesma por algumas pessoas aí na net. Dizer “Se a mulher tem um dia só dela, por que o homem não deve ter?” é jogar por terra toda uma história por trás do dia internacional da mulher, da luta da emancipação feminina. É tipo falar pra um gay que o heterossexual também tem que ter o dia dele porque ele precisa de liberdade pra se expressar. Hello, homens heterossexuais brancos se expressam o tempo todo!

E sim, campanhas publicitárias endossam a visão predominante. E sim, elas me assustam.

Sobre o Autor

Melissa de Sá administrator

Melissa é escritora e fica hiperativa com açúcar. É autora da distopia Metrópole: Despertar, publicada pela Editora Draco em 2016, e do livro infantil A Última Tourada, adotado em centenas de escolas no Brasil. Tem contos publicados em diversas antologias das editoras Draco, Buriti e Cata-vento.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: